O peixe inteligente

Fernando Bohn – Ijuí/RS
 
Certa vez fui convidado para uma pescaria em um rio chamado Unhacapitú. A pescaria estava sendo tão boa que já tinha acabado toda nossa isca. Aí pedi ao meu pai, que estava no acampamento, para pegar uma pedaço de papel e uma caneta e me trazer até a beira do rio. Ele me deu, meio desconfiado, perguntando-me para que. Aí eu respondi que era para usar de isca e ele ficou debochando da minha cara. Peguei um pedaço de papel e escrevi ISCA, isquei-o no anzol e toquei ele num poço que havia lá. Não deu outra: dali um pouco a linha começou a correr… sofri mas tirei… era um papel de uns 2 metros de diâmetro onde estava escrito bem grande “PEIXE”.
 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *