Linguado (solea vulgaris, solea solea)

Pertencem a um grupo  que é caracterizado por serem exceções à regra da simetria no mundo dos peixes. Têm o corpo muito achatado lateralmente, discóide e assimétrico e colorido apenas no lado superior, sendo o lado inferior de cor esbranquiçada. Cabeça assimétrica, com os dois olhos colocados do mesmo lado, normalmente à direita – barbatana dorsal e anal pouco desenvolvidas, compostas de raios não espinhosos, quase sempre colocada em volta de todo o corpo, unindo-se à caudal. Pode atingir 60/70 cm de comprimento e 3 quilos de peso.

Vivem em águas tropicais ou temperadas – muito poucas espécies são encontradas nas águas frias.

São privados de bexiga natatória, pelo que se encontram constantemente no fundo – normalmente semi-enterrados na areia ou lodo, com a cabeça elevada de modo a poderem respirar, com a face colorida para cima, cuja cor se adapta maravilhosamente à cor do ambiente em que se encontram (mimetismo).

Alimentam-se de vermes marítimos, peixes pequenos, moluscos e algas e podem ser encontrados em águas de poucos cm até centenas de metros de profundidade. Apresentam grande resistência à poluição. Desovam normalmente em Maio.

A sua carne é muito saborosa, e são muito procurados para a alimentação humana, atingindo preços muito elevados.

A sua pesca é feita ao fundo, preferencialmente com vermes (minhoca, ganso ou casulo), embora não desdenhe outras iscas. Normalmente dá apenas um toque quando engole a isca, ficando quieto depois de ferrado. Apenas quando o pescador recolhe a linha sente o seu peso, pois oferece toda a superfície do seu corpo como resistência ao deslocamento. Engole quase sempre o anzol, tornando-se difícil tirá-lo do anzol.

Algumas fotos desse peixe:
{phocagallery view=category|categoryid=58|
imageid=0|limitstart=0|limitcount=6|
detail=0|displayname=1|displaydetail=0|displaydownload=0|float=center}
Clique aqui para ver todas as fotos deste peixe

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *