Goiás reforça combate ao Aedes aegypti para conter febre amarela

O governo de Goiás irá reforçar o combate aos focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti – que transmite dengue e febre amarela – em todo Estado.

Relatório do Ministério da Saúde aponta que do início deste ano até agora foram notificados 30 casos suspeitos de febre amarela, sendo 22 como provável local de infecção o Estado de Goiás.

{mosimage}

Até agora dez pessoas morreram em todo país vítimas da doença. Entre as medidas anunciadas está a de elevação no número de agentes responsáveis pelo combate ao mosquito e também mais verbas destinadas aos municípios. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, o índice de infestação do mosquito Aedes aegypti é de 1% no Estado, abaixo dos 5% preconizados para se ter a possibilidade de infecção urbana da doença. O Estado de Goiás sofreu uma epidemia de casos de dengue em 2006. Foram 30 mil casos. Em 2007, o número foi reduzido em 50%, segundo o governo estadual.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *