SC – Florianópolis – Pesca em Florianópolis


Neste especial, Giba, o experiente guia da Gara Pesca Esportiva, conta os segredos da pesca da Ilha da Magia.

FLORIANÓPOLIS

 O pescador esportivo encontra em Floripa um dos melhores destinos para a prática da pesca esportiva, seja durante o inverno ou durante verão. É justamente esta variedade de opções que vem despertando o interesse de pescadores de todo o Brasil, fazendo deste destino um pólo da pesca esportiva em nosso país.

Pesca costeira

 A pescaria costeira realizada nas ilhas, parcéis e costões ao redor da Ilha de Santa Catarina é privilegiada. Nos meses de frio, entre junho e outubro, esta modalidade atinge seu ponto alto, sendo brindada pelo aparecimento de grandes olhetes e enormes cardumes de anchovas.
 Nas pescarias de arremesso realizadas nos “espumeiros”, com plugs de meia água ou pequenos jigs, as vorazes anchovas garantem ação durante o dia inteiro.
 Outra ótima opção é a pescaria vertical. Esta pode ser praticada com “shads” para a captura de garoupas e outros peixes de pedra ou com “metal-jigs” para os peixes de passagem. Particularmente a pescaria com “metal-jigs” é a mais procurada e cria novos adeptos a cada dia. Não poderia ser diferente, quando o pescador tem a oportunidade de “lutar” contra um “olhetão”, em alguma das arenas (prcéis) existentes na costa catarinense, sua visão de pescaria acaba mudando e é fisgado, o pescador, por esta modalidade “radical”.
Principais peixes: anchovas, olhetes e garoupas.

Dicas
 O inverno no sul do Brasil é rigoroso, o pescador sempre deve estar bem agasalhado e protegido por uma boa capa de chuva. Mesmo com estas dificuldades o pescador não deve desanimar, pois as estruturas para a prática da pesca esportiva são ótimas e as pescarias valem o empenho.

 

Pesca oceânica

 Relativamente nova na costa catarinense, a pescaria oceânica (trolling) praticada com equipamentos e técnicas corretas não tem mais que sete anos. Esta modalidade de pesca cresce a cada anos no sul do Brasil e já é responsável por uma grande parcela dos pescadores que procuram Florianópolis para a pratica da pesca esportiva. 
 Entre os meses de novembro e abril as águas azuis e quentes da corrente do Brasil aproximam-se da costa catarinense trazendo os grandes predadores oceânicos. Este fenômeno transforma o cenário marinho e possibilita fantásticas pescarias aos “offshore anglers”. 
Peixes: dourado-do-mar, bonito, atum, cavala wahoo, marlin branco e marlin azul

Dicas
 Durante as pescarias de verão são necessário alguns cuidados específicos: devemos abusar do protetor solar, usar boné e óculos de sol, roupas leves e tomar muita água.

Destaques
 O Iate Clube de Santa Catarina – Veleiros da Ilha, promove eventos esportivos nas modalidades de Pesca e de Vela. Floripa sedia vários campeonatos de surf, dentre eles destaca-se o WCT. A culinária local é fantástica e merece ser conferida!
 Encantadora e excepcionalmente bela, Florianópolis é ideal para: banhos de mar, esportes náuticos, eco-turismo, turismo cultural e histórico. Na Ilha da Magia vivem pessoas dos quatro cantos do mundo que se apaixonaram pelas praias deslumbrantes, lagoas e pelo povo hospitaleiro, o famoso Manezinho da Ilha.

Florianópolis é a capital do estado de Santa Catarina e uma das três ilhas-capitais do Brasil. Originalmente denominada Nossa Senhora do Desterro, em alusão à sua padroeira, ou simplesmente Desterro, seu nome foi alterado ao fim da Revolução Federalista, em 1894, em homenagem ao então presidente da República Floriano Peixoto. Deste nome deriva o apelido Floripa, pelo qual a cidade é amplamente conhecida.
 A ilha de Santa Catarina é parte do município de Florianópolis e situa-se no oceano Atlântico, no litoral sul do Brasil, no centro do litoral do Estado de Santa Catarina, entre as latitudes 27° sul e longitudes 48° oeste. Tem 54 km de comprimento (norte–sul) por 18 km de largura (leste–oeste), totalizando uma área de 523 km². A ilha possui 42 praias e é a maior de um arquipélago constituído por mais de 30 ilhas, sendo a maioria das ilhas pertencente ao município de Florianópolis.

Data de fundação: 23 de março de 1726
População: 280.000 habitantes
Economia: O comércio e a prestação de serviços dominam amplamente a economia local, com uma fatia de 83%, restando 12% às indústrias de transformação e apenas 5% à agropecuária e à pesca.
Geologia: terrenos cristalinos e os terrenos sedimentares de formação recente.
Relevo: predominância da unidade Serras do Leste Catarinense, caracterizadas pela formação subparalela, com ocorrência de pontas e promontórios.
Clima: As estações do ano são bem caracterizadas, verão e inverno bem definidos, sendo o outono e primavera de características semelhantes. Fevereiro, mês mais quente, apresenta uma média mensal de 24,5 ºC e julho, mês mais frio, 16,4 ºC
Cidades próximas – Balneário Camboriú, Itapema, Bombinhas, Porto Belo, Garopaba, Jaraguá do Sul, Governador Celso Ramos, Laguna, Pinheira e Guarda do Embaú, Paulo Lopes, Imbituba, Santo Amaro da Imperatriz e Itajaí.

COMO CHEGAR

Aeroporto HERCILIO LUZ
O Aeroporto de Florianópolis se firmou nas últimas temporadas de verão como um dos principais destinos brasileiros de turistas domésticos e internacionais. Em breve, a cidade ganhará um novo aeroporto, com capacidade para receber 2,7 milhões de passageiros por ano. Distância do Centro: 12 km.

Via terrestre
Do norte: Tanto para quem sai de São Paulo quanto do Rio de Janeiro deve pegar a BR-116 até Curitiba. De lá até Garuva via BR-376 onde ela encontra a BR 101 até Florianópolis.
Do Sul: partindo de Porto Alegre, deve-se tomar a BR 290 até Osório, onde ela encontra a BR 101. Na BR 101, tomar o sentido Norte até Florianópolis.
A BR 282 corta o Estado de Santa Catarina no sentido Leste Oeste. Indo do litoral até a fronteira com a Argentina.

GARA – Pesca Esportiva
www.garapescaesportiva.com
Giba – 048 9989.3776

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *