História de Itapoá

O Nome ITAPOÁ é de origem indígena que significa: ITA – PEDRA , POÁ – PONTA. A pedra que originou o nome do município está localizada no Balneário Itapoá(próximo a sede do município) à 300 metros da
praia e surge conforme a tábua das marés; quando a maré esta alta a ponta da pedra fica submersa, quando esta baixa aparece, podendo ser observada por boa parte do balneário.

Os primeiros habitantes destas terras ao nordeste de Santa Catarina foram os índios Carijós, muitos acreditam que eles deixaram suas marcas através dos Sambaquis que são encontrados em vários lugares no município. Acredita-se que os Sambaquis são montes de conchas, esqueletos, restos de fragmentos dos alimentos, de humanos que habitavam o itoral na pré-história.

Itapoá pertencia ao município de Garuva, e passou a ser distrito a partir de 01 de março de 1966, e desmembrou definitivamente de Garuva em 26 de abril de 1989, pela Lei estadual nº 7.586.

Em 1957, só se chegava a Itapoá através da estrada da Serrinha, que até hoje é muito utilizada pelos munícipes para o deslocamento até o Saí Mírim(área rural que dá acesso as cachoeiras) e também as localidades de Braço do Norte e Bom futuro(município de Garuva).

Em 1965 começou a surgir um novo acesso a Itapoá a Estrada Cornelsen, que predomina até hoje, com iniciação de sua pavimentação em 1997.

Hoje o município já conta com pavimentação em praticamente toda a orla até o Balneário Pontal do Norte , e com projetos junto ao governo do Estado de Santa Catarina que pretendem atingir as localidades da Vila da Glória(São Francisco do Sul), fazendo parte da “Costa do Encanto” um trajeto turistico do Norte do Estado.

Fonte: Prefeitura Municipal de Itapoá   “Dados Históricos” http://www.itapoa.sc.gov.br/conteudo/?item=24456&fa=5035  . 

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *