Mergulhados no pântano

 

O programa da A&E Mergulhados no Pântano traz a história de pescadores de jacaré. Nos minutos do programa, eles narram as técnicas de pesca de jacarés e crocodilos.

 

 DADOS SOBRE A CAÇA E PESCA NA LUISIANA

– A caça e a pesca são tradições muito antigas na região da Luisiana, tanto para o comércio quanto para o lazer, principalmente na região de Atchafalaya.

– O Departamento de Pesca e Vida Silvestre da Luisiana é responsável pela regulamentação das temporadas de caça e pesca em todo o estado.

– Existem temporadas regulamentadas para caça de cervo, peru, codorna, coelho, jacarés, esquilo, guaxinim, gambá, além de aves migratórias e aquáticas.

– Existem temporadas de pesca regulamentadas para lagosta, camarões, ostras e peixes de água doce e salgada, o que inclui alabote e até mesmo outras espécies, como tubarões.

– Nutria, uma espécie de roedor que é considerada uma praga na região pantaneira da Luisiana, é caçada por razões de controle populacional, sendo usada como fonte de alimento para os caçadores de subsistência.

– Durante a pesca da lagosta, que dura todo o ano, são capturadas entre 75 a 105 milhões de lagostas, aproximadamente. Algumas são exportadas e outras são para consumo local.

– A temporada de camarões geralmente se inicia em abril e está regulamentada pelo Departamento de Pesca e Vida Silvestre da Luisiana. É este departamento que supervisiona o tamanho dos animais capturados, assim como sua quantidade. É dessa forma que a duração da temporada é determinada.

– A temporada de caça a jacarés começa na primeira quarta-feira de setembro e dura 30 dias.

– A caça é fortemente fiscalizada pelo Departamento de Pesca e Vida Silvestre, que permite a participação apenas de caçadores licenciados, restringindo a atividade a área pantaneira e costeira de Atchafalaya.

– Os caçadores de jacarés devem obter uma licença e um número de autorizações limitado do Departamento de Pesca e Vida Silvestre da Luisiana.

– Para obter autorizações, os caçadores devem ser proprietários ou residentes nas terras que fazem parte da área pantaneira da Luisiana.

– O Departamento de Pesca e Vida Silvestre da Luisiana só distribui autorizações para propriedades que contenham um número suficiente de jacarés. Esse número é determinado de forma sustentável, para proteger a espécie.

– O objetivo do programa de gestão de jacarés é beneficiar a própria espécie, controlando sua super população e outras espécies associadas. Dessa forma, é possível manter seu hábitat natural, além de beneficiar economicamente os proprietários, agricultores e caçadores de jacarés.

– O programa é um dos mais conhecidos e respeitados do mundo, sendo exemplo de conservação da fauna local, apresentado como modelo no controle das mais diversas espécies de répteis ao redor do mundo.

– A população de jacarés na Louisiana é estimada em 1,5 milhão, enquanto apenas 500 mil vivem em criadouros.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *