Seja um editor do Peska.com.br Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

Se você gosta de pescar e contar para todo mundo como aconteceu, o Peska.com.br é o lugar ideal para você.

Se você tem algum material que gostaria de ver publicado aqui no peska.com.br, cadastre-se no espaço ao lado e envie um email de contato solicitando liberação para publicar aqui no nosso portal.

É muito simples enviar seu material. Basta copiar e colar na nossa ferramenta e, em poucos segundos ela já estára disponível para todos os seus companheiros de pesca visualizarem.

Então cadastre-se já e solicite sua liberação, para enviar seus materiais.

Um forte abraço!

Peska.com.br

comentarios (9)
  • borges  - permissão
    avatar
    Como posso enviar minhas fotos de pescaria??
    A explicação contida no site não confere.
    Não aparece o formulario que é citado.
    obrigada
  • Marcos A.Cavalcanti  - A PESCARIA E AS FASES DA LUA
    Olá companheiros da Pesca:
    Por algum tempo deixei de participar deste forum, exceto respondendo algumas dúvidas de meus amigos tilapeiros, então, lembrei que as fases da lua, podem interferir em nossas pescarias, então, pesquisei o assunto, que agora estou repassando:

    Quando se comenta com outro pescador: Pô cara! Esta lua não tá boa para pescar, o que você acha?
    Ele responde: Não acredito muito nisso, pois não pesco na lua.
    A bem da verdade, creio que ela interfere em muita coisa alem da pescaria, os "mais" antigos se norteavam pelas suas fases para plantar.
    Bom, como não sou agricultor e o assunto aqui é pecaria, vamos á algumas dicas:
    1)LUA NOVA: A falta de luminosidade fáz com que os peixes permaneçam no fundo, quase não se alimentem, portanto é considerada NEUTRA.
    2)LUA CRESCENTE: A luminosidade ainda é pouca, poucos peixes sobem á superfície para se alimentar, portanto de NEUTRA/BOA.
    3)LUA CHEIA; Grande intensidade de luz, motiva os peixes subir á superfície, estão famintos, portanto ÓTIMA.
    4)LUA MINGUANTE: O próprio nome diz que luminosidade está minguando, porem os peixes ainda aproveitam para se alimentar, portanto é BOA..
    Por outro lado, alguns acreditam que a pescaria em qualquer lua, a produtividade é melhor três dias antes e depois da mudança.
    Pelo sim ou pelo não, vale a pena levar em conta tudo isto,concorda?
    Agora um dos únicos fatores que podem influir mesmo é:
    'AQUELA PECINHA ATRÁS DA VARA'
    F A L O U... Marcão.
  • Marcos A.Cavalcanti  - INVENTANDO
    Olá tilapeiros e pescadores de plantão.
    Tenho um amigo que adaptou carretilhas em varas telescópicas de mão e já tive oportunidade de presenciar ele pegar uma tilápia de 3.850kg, que nada teria de especial, exceto pelo fato de usar linha 20mm até o girador e abaixo, linha 15mm e anzol pequeno. Claro, tal feito, só foi possível, devido a quantidade de linha que tinha na carretilha, que deu para cansar o peixe e capturá-lo.O único problema do sisterma é que de vez em quando a linha enrosca nas emendas da vara, quando vai abrí-la ou fechá-la, pois ela corre por dentro da mesma.
    Invertendo o ditado: Quem não copia, cria, minha invenção nada tem de extraordinária, esceto pelo fato que a linha corre externamente pela vara, então neste caso, quem não cria, copia, pois ela ficou parecida com as varas telescópicas compradas, com uma diferença, em vez de comprar os passadores, que ficxariam muito caro, utilizei a haste de anzois Marine Sport 10/0, cortando-as em uns 1,5cm e fixando-os, da seguinte forma:
    a) Retirei a ponteira originar e na 1a emenda os introduzi no interior da mesma e fixei-os com cola super bond e depois reforcei com linha de poliester(croche), de forma que não se soltam;
    b) Nas demais emendas, fix o mesmo só que externamente.
    c) No lugar de carretilhas, usei micro-molinetes e já que possuo umas 40 varas de mão, utilizei 5 de 3,60 metros e montei os conjuntos.
    d) A vantagem foi que se fosse comprar no mercado, certamente gastaria entre 300 a 400 reais e tudo, saiu por 100 reais, pois só comprei 2 micro-molinetes e os outros treis, um pouquinho maior, já os tinha e nisto estão: anzois, linha de pesca, linha de poliester e adesivos.
    e) Independente da questão de economia, minha preocupação foi com peso do conjunto, pois quem pesca tilápia, sabe que o peso influe na hora da fisgada, principalmente das grandonas que atacam a isca de maneira sútil.
    f) Ontem acabei de montar os conjuntos e hoje fui testá-lo, pescando de maneira tradicional(linha, penas chumbo e anzol) deixando a linha uns 20cm alem do cabo da vara e caso entrasse uma tilápia grande, a linha existente no molinete faria o resto.
    Como disse "entrasse", mais não entrou nem grande, nem pequena, pelo fato que aqui em Curitiba, a temperatura da água esfriou e as tilápias estão manhosas.
    Porem como o calor continua, não vou desistir fácil, se bem, que minha invenção servirá para futuras pescarias na próxima temporada e a outra vantagem, que posso usar o conjunto, sem boia e colocando um chumbo mais pesado, pescar outros peixes( carpa por exêmplo).
    Bem gente, isto é a novidade e se alguem tiver interesse em fazer o mesmo entre em contáto:
    Email: marcaocapivari@y mail.com
    Abraços, Marcão.
  • Marcos A.Cavalcanti  - UTILIDADE DO PASSAGUÁ


    A UTILIDADE DO PASSAGUÁ

    Olá Amigos Pescadores:

    Já comentei em artigos anteriores que o “sucesso ou fracasso” nas pescarias, depende sempre de algum detalhe: Já tive em várias pescarias, o dissabor de após capturar um exemplar de bom tamanho, o excesso de confiança, fez com que “num minuto de bobeira”:
    a) perder aquele troféu, que ás vezes me custou um bom tempo para capturar.
    b) depois de brigar alguns minutos com o peixe, ao conseguir trazê-lo para minhas mãos, achei que já o tinha dominado e de repente, ele em sua defesa, se debateu bruscamente e conseguiu seu objetivo: Voltou para água.
    c) Em outras ocasiões, nem isto aconteceu, ao tentar trazer a linha em minha direção, ele se debatendo, simplesmente escapou.
    Estou me referindo á tilápia, mais tenho certeza que o
    mesmo já aconteceu com vocês, inclusive na pescaria de outros tipos de peixe, certo?.
    Acho que o exposto acima, já é suficiente para provar e comprovar a necessidade de termos ao nosso alcance este tipo de acessório, exceto é claro se você for um “pão duro” e não queira gastar seu “rico dinheirinho”e venha com a desculpa que comprá-lo é uma bobagem.
    Para encerrar, quero acrescentar que existem outros tipos alem do da foto e de vários preços e aproveito para dar mais uma dica:
    “ Muitos deles tem o cabo muito curto e será preciso AUMENTAR o comprimento do mesmo, assim sendo, no meu caso, já que possuo dois: um com a boca em torno de uns 30cm e o outro com uns 60cm, em ambos, utilizei emendas de varas telescópicas danificadas e adaptei sobre o cabo dos mesmos”.
    Com esta simples providência, posso utilizá-los de acordo com a necessidade, aumentando o diminuindo seu tamanho.
    Falou, Mané?
    Marcão.

  • giovani  - Peixe Pedra
    O Genyatremus luteus conhecido com: Sanguá, carcanha e choupa, é conhecido no Maranhão como: Peixe-Pedra ou Corró.É fartamente encontrado em todo litoral do Maranhão e de sabor muito apreciado sem muito comercializado em feiras e restaurantes de São Luis-Ma.
    Na cidade de São José de Ribamar existe ocorre todo ano o "Festival do Peixe-Pedra". O Peixe Pedra faz parte da culinária maranhense
    Captura:
    Anzóis pequenos
    Isca: camarão
    Artefato: Varas de Pesca ou Espinhéis
  • marcos a cavalcanti  - NOSSA CONSCIÊNCIA...






    NOSSA CONSCIÊNCIA



    A cada dia que passa, diminuem a quantidade de peixes, ao longo de todo território brasileiro, a questão é que o ser humano imagina que a natureza irá repor aquilo que dela retiramos. Os homens, alem de não repor, ainda acha que não é obrigação preservar, mesmo que existam leis para isto e obviamente, são burladas permanentemente, pois devido a vasta extensão de nosso território, da nossa costa, de nossos rios, represas, mangues e tudo mais, isto acontece pela “falta” de fiscalização e mesmo que exista, torna-se ineficiente diante de nossa dimensão.
    Cada um defende seus interesses, a começar pela pesca comercial, indo ao ribeirinho que justifica precisar sobreviver do pescado, incluindo a alimentação de sua família.
    As justificativas são tantas que não precisamos mencioná-las.
    Some-se á isso, outras ações humanas, tais como o uso de agrotóxicos em nossas lavouras, tanto por parte da agricultura familiar e de grandes produtores, fato que leva o nosso País á ser um dos maiores consumidores destes produtos, que além de afetar os peixes, afetam na nossa saúde num todo.
    É claro que nós pescadores amadores, temos que dar a nossa parcela de contribuição neste processo, nos tornando pescadores esportivos, como meio de preservar este esporte para nós mesmos e futuras gerações, exceto se não nos importarmos com um fato: “Antigos pesqueiros abandonados, pela inexistência de peixes.”
    Por outro lado, ser esportivo não significa que não possamos consumir parcialmente o fruto de nossas pescarias, mesmo porque, o sabor de um peixe “fresco” é bem diferente daqueles comprados no mercado, quem sabe pescados á quanto tempo atrás.
    Agora estou lembrando de uma antiga edição duma revista de pesca, que mostrava a quantidade de peixes que eram pescados no Pantanal e se fosse reeditada algumas das reportagens, ficaríamos no mínimo “revoltados”.
    Lembro também de várias fotos que vi numa empresa de conserto de máquinas, que seu proprietário, já falecido, registrou de suas pescarias, que foi uma glória no passado e hoje não passam de “pura predação.
    Certamente agora seria considerado pseudo-pescador, como muitos hoje em dia, que usam a infeliz filosofia “quanto mais melhor”e para tanto insistem em usar redes, tarrafas, espinheis, bóia - louca e outros mais.
    Nossa única obrigação é DENUNCIAR ás autoridades.
    Acredito que quantos mais de nós assim fizermos, informando os locais em que acontecem, motivará as fiscalizações necessárias.
    Esta atitude é acima de tudo “o nosso DEVER”.
    Mais se não nos dispusermos a fazê-lo, o que não é “incomum” então, não podemos reclamar da inoperâncias dos órgãos fiscalizadores.
    Afinal isto também deve ser o objetivo de nossas pescarias Concorda?.
    Marcão.
  • marcos a cavalcanti  - Carpa na linha de lambari é mole?
    Oi pessoal!Mandei um email sobre isto, mais acho que deu zebra, então vou repetir o "causo":Em 5/10, mais uma vez fui ao Capiva com m/turma, havia notícias que as tilapias estavam batendo.Chegando no Recanto do Sabiá, a represa estava muito cheio, os pesqueiros prontos debaixo da água, os galhos das árvores beirando a água, alem do capim submerso dos barrancos, fonte de enrosco, porem mesmo assim,cada um achou um cantinho.Depois de preparar o pesqueiro, cevei com milho verde picado e ração de coelho, isquei minhas sete varas de 2,60 a 3,00mt,com milho verde e fiquei aguardando a ação dos peixes. O tempo passava e nada, então resolvi pescar lambari e foi outra decepção, só os miudinhos acabavam com a isca de sagu.Isto durou o dia inteiro e a noite, voltei para a pesca da tilápia.Mas só deu "cascudo", pois eles costumam vir comer a ceva e acabam se enroscando no anzol, assim fui dormir lá pela 1,00 hora da madruga. Terça feira, depois do café, começou a trovejar e caiu aquele temporal. Quando a chuva diminuiu, desci ao pesqueiro p/ver se a lona que montei sobre o guarda-sol, suportou a chuva, não molhando as tralhas de pesca. Estava tudo em ordem, porem veio outro temporal e o jeito era ficar alí mesmo e é claro, pescando almbarí.Num dado momento a peninha deitou e a seguir foi ao fundo. Dei a fisgada e quase que a vara vai pra dentro da água. Firmei o cabo com as duas mãos e o peixe brigava no fundo, Achei que fosse uma tilapia das "boas".Aos poucos o peixe foi cedendo e deu pra ver a meia água o corpo dele.Era uma carpa enorme. Conclusão: Já tinha a certeza que ela ia arrebentar a linha 15 com anzol de lambari e não deu outra, entretanto, esta foi uma das surpresas emocionantes que acontecem, pois foram ooucos minutos que duraram uma eternidade. Eh isso aí! Até a próxima.Marcao
  • EZ  - Conto de pescador. VERDADEROS
    UM certo dia 14/08/2009.

    Nos marcamos uma pescaria com destino Barra do sul.

    Fretamos uma van. da Americatur .

    Que fomos muito bem atendidos pelo nosso motorista.obrigado.

    MAS contratamos tambem um barco e logico.

    DA empresa MARUJO DA BARRA ONDE O PROPIETARIO

    E O SR: NEI.

    Chegamos por volta das 20,30 Horas

    Embarcamos no nosso barco fomos bem recebidos.

    POR seu capitao MANO E seu MARUJO TIRRIRICA.

    por sinal muitos PRESTATIVOS .

    MAS chegando no pesqueiro caliso acho que e isto.por volta das 22,30horas

    Chegamos apoitamos.E linhas no mar.

    mas depois de ums 30.minutos adivinha.

    Nem um beliscao.E ai

    Conversando com nossa equipe de 10 pescadores.

    BOM.RESOLVEMOS de mudar de lugar .

    Coversamos com nosso piloteros e desedimos ir.

    para ilhas tanboretes,MAS fomos questinados ,

    pelo piloteiros NAO vamos mudar MAS primeiro.

    vamos para ILHA do LOBOS.

    AI chegamos no pesqueiro LINHAS NO MAR.

    FOI UM SUCESSO.

    FOI ENCHOVAS para todos os lados.

    bom ate ai tudo bem.

    AI nosso marujo tirririca passou o radio para o

    outro barco da mesma equipe ,que pouco a pouco

    foram chegandoS nao era um mas sim muitos.

    mas ate entao tudo bem .AI que um certo BARCO

    COM O NOME DE TURISMAR ancorou com sua poita .

    encima do nosso pesqueiro e AI começou.

    sua corda ficou embaixo do nosso barco.

    ATE entao tudo bem MAS.

    UM dos nossos pescador pegou TRES VEZES A.

    CORDA.MAS tudo bem OUTRO PESCADOR PEGOU A

    CORDA. MAS TUDO BEM OUTRO PESCADOR QUE NADA,

    MAS QUE EU PEQUEI A CORDA MAS NAO FOI SO UMA VEZ.

    AI nos calmamente com maior EDUCACAO.

    pediamos que eles retirar a poita

    MAS FOMOS SUPREENDIDOS POR DOIS MONTROS DO MAR .

    COM PALAVRAS DE BAIXO ESCALAO. AI O BICHO PEGOU.

    ATE OS MONTROS FALARAM QUE EM TERRA IA NOS PEGAR.

    MAS NAO FOI SO ISTO.

    JOGOU O BARCO DELES ENCIMA DE NOS QUE CHEGOU A.

    ENRROSCAR A CORDA DELES NO CANTO DO NOSSO BARCO.

    POR POUCO NAO FOMOS PRO FUNDO.

    MAS NAO FOI SO ISTO.

    VOCES PODE ATE PENSAR QUE SOMOS ENCRENQUEIROS

    MAS SO FOMOS PESCAR , Bom com a pescaria pronta

    fomos enbora para terra com .

    204UN DE ENCHOVAS ENBARCADAS.

    MAS NAO acabou ainda.

    CHEGANDO NO PORTO.

    FOMOS CONTAR OS PEIXE E DEU 202un

    MAS DUAS QUE COMEMOS NO BARCO. AI

    QUATRO PESSOAS QUE SAO RESPONSABILIDADE DO

    SR>NEI QUE NOS PEDIO 90,00 REAIS PARA LIMPAR OS

    PEIXE OK MANDA LIMPAR.COMO NOS PEGAMOS 202un

    dividido por 10 pessoas e igual a 20 por pessoas.

    A FOI O PESSOAL QUE LIMPOU E SEPARAOU AS SACOLAS COM 20 UN POR PESCADOR.

    CHEGANDO EN CASA JA EM CURITIBA .

    SUMIRAM UMAS 40 UN DE ENCHOVAS

    RESUMINDO,NOS PESCADORES QUE VAMOS PASSAR TEMPO

    NAS PESCARIAS COM BOM AMIGOS AS VEZES SOMOS

    SURPRENDIDOS COM PESSOAS QUE CONCERTEZA ESTAO

    GANHANDO ALGO COM ISTO .

    MAS TENHO CERTEZA QUE ELES SO TEM MUITO A PERDER.COM TUDO?

    PESCADORES. JAIR /ESTEFANO/ADILSON/PE DRAO/KAKO


    JUNIOR/MARCAO/CHICAO /ZOFF/SR,ACIR

    MAS APOIO DAS EQUIPE QUE TAMBEM ESTAVAO LA?
  • adrian ulises abate  - amante da pesca
    Ola,moro em Buzios, RJ . Gostaria de poder fazer parte do site para postar e ter ascesso a informações sobre pesca e formar parcerias .
Escrever um comentario
Sesu detalhes:
comentario:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
:D:angry::angry-red::evil::idea::love::x:no-comments::ooo::pirate::?::(:sleep::)
;);)):0
Security
Por favor coloque o codigo anti-spam que voce le na imagem.

!joomlacomment 4.0 Copyright (C) 2009 Compojoom.com . All rights reserved."