Acidentes com peixes venenosos são subnotificados Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 20
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

A médica veterinária Patrícia Emilia Gomes Facó, em pesquisa para elaboração de sua tese de mestrado, descobriu que casos de acidentes com o peixe peçonhento Niquim no Ceará são mais comuns do que os notificados e que não há antídoto para o veneno.

A médica veterinária Patrícia Emilia Gomes Facó, em pesquisa para elaboração de sua tese de mestrado, descobriu que casos de acidentes com o peixe peçonhento Niquim no Ceará são mais comuns do que os notificados e que não há antídoto para o veneno.

 

Mais conhecido como peixe sapo, o peçonhento niquim (Do tupi, "ni", enrugado, franzido; e "quim", espinhento) mede de 12 a 15 centímetros e está presente tanto em água doce quanto salgada (prefere as áreas de transição) e vive na lama, onde pode ser facilmente pisado, principalmente por pescadores e banhistas, inoculando, através dos dois espinhos dorsais ou dos dois laterais, veneno em suas vítimas.

O quadro não varia muito de pessoa para pessoa: Dor intensa, com irradiação para a raiz do membro; instalação de uma inflamação aguda na área atingida, podendo chegar à necrose e, como seqüela, à perda do membro.

No Centro de Assistência Toxicológica (Ceatox), que funciona no Instituto Dr. José Frota (IJF) , só foram registrasó foram registrados 16 casos entre 1992 e 2002, sendo 14 de Fortaleza.


O niquim é um peixe venenoso que pode causar seqüelas. Não há antídoto e o remédio caseiro é urina ou água quente

Como não há tratamento específico, Patrícia explica que o máximo que se faz nas unidades de saúde é limpeza cirúrgica, drenagem de secreções e anestésico.

A solução caseira, adotada principalmente por pescadores, é a urina. Patrícia descobriu que é exatamente na temperatura que está o segredo para o alívio da dor. Nesse caso, apenas água quente (o máximo que se puder agüentar) é suficiente.

?Epidemiologia dos Acidentes Causados por Thalassophryne nattereri (niquim) no Estado do Ceará e Estudo dos Efeitos do Veneno em Rim Isolado do Rato? foi o título da tese defendida por Patrícia, na semana passada, no Mestrado em Patologia Tropical, do Departamento de Medicina Legal da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O trabalho também foi apresentado, este ano, no Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, em Manaus.

Agora, ela pretende apresentar à Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) uma ficha de investigação epidemiológica mais específica para o acidente com niquim, a ser distribuída nas unidades de saúde, para um controle epidemiológico mais efetivo.

Além disso quer trabalhar junto aos pescadores do município de Fortim, orientando para que procurem unidades de saúde para o devido registro epidemiológico

E também aprofundar suas pesquisas, no doutorado, fracionando o veneno e trabalhando as toxinas de forma isolada, testando o anti-soro.

A pesquisa de Patrícia foi desenvolvida numa Parceria do Departamento de Medicina Legal da UFC com o Instituto de Biomedicina (Ibimed) e o Instituto Butantan, com apoio da Fundação Cearense de Apoio à Pesquisa (Funcap) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Até o momento não há registro de morte por acidente com o niquim e atualmente o Instituto Butantan está estudando um anti-soro.

VENENOSOS - Segundo especialistas, no caso de contato com peixes venenosos, "como Bagre, arraia, peixe-escorpião e niquim" banhe ou mergulhe a área machucada em água quente por 30 a 90 minutos. O veneno dos peixes é "termolábil" se decompõe com o aquecimento -, por isso a água quente evita que eles se espalhe no organismo e alivia a dor.

comentarios (63)
  • camila
    boa noite,estava na praia do rio vermelho na beira quando fui furada pelo peixe niquim ,foi um dor insuportável,já vai fazer um mês e ainda sinto dor no local,to tomando ibuprofeno de 600 e dipirona de 500, já aliviou bastante mais meu dedo ainda enxado,deixo a mensagem pra vocês tomar muito cuidado pois ele fica escondido de baixo da areia...peixe maldito...
  • camila
    boa noite,estava na praia do rio vermelho na beira quando fui furada pelo peixe niquim ,foi um dor insuportável,já vai fazer um mês e ainda sinto dor no local,to tomando ibuprofeno de 600 e dipirona de 500, já aliviou bastante mais meu dedo ainda enxado,deixo a mensagem pra vocês tomar muito cuidado pois ele fica escondido de baixo da areia...peixe maldito...
  • DJACI MIGUEL  - COISA PRA DOER
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
  • DJACI MIGUEL  - COISA PRA DOER
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
  • DJACI MIGUEL  - COISA PRA DOER
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
  • DJACI MIGUEL
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
  • DJACI MIGUEL
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
  • DJACI MIGUEL
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
  • DJACI MIGUEL
    ESTAVA NA PRAIA DO SACO EM MACEIÓ, BANHANDO EM ÁGUAS RASA, QUANDO FUI PUNHALADO PELO MALDITO NIQUIM NO TORNOZELO ESQUERDO, COM PERFURAÇÃO DO TAMANHO DE UM ALFINETADO,E ESTOU ESCREVENDO ESTA MENSAGEM COM AS PERNAS INCHADA E MUITA DOR, ISSO APÓS TER PASSADO NO MÉDICO E MEDICADO COM VARIOS REMÉDIO, É BOM LEMBRAR QUE O INTRUSO ESTÁ SEMPRE EM ÁGUAS E INVISÍVEL.
Escrever um comentario
Sesu detalhes:
comentario:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
:D:angry::angry-red::evil::idea::love::x:no-comments::ooo::pirate::?::(:sleep::)
;);)):0
Security
Por favor coloque o codigo anti-spam que voce le na imagem.

!joomlacomment 4.0 Copyright (C) 2009 Compojoom.com . All rights reserved."