Iscas Artificiais e seu uso
Artificial - Camarão Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 195
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

  O camarão artificial foi feito para substituir o camarão vivo, com a vantagem de não precisar trocar a isca toda hora.
Ele serve para pesca de Robalos, Pescadas, Corvinas e outros peixes de água salgada.
Pode ser utilizado na pesca vertical ou na pesca horizontal, próximo aos mangues.

Video: Usando o camarão artificial para pegar traíra:
 
Artificial - colher Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 138
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
 A colher é uma isca simples, feita de metal e com formato de uma colher. O seu atrativo é o reflexo do sol na parte metálica.
A vantagem é que elas são simples, baratas e muito resistentes. É inevitável a utilização de um girador ou até mesmo um rotor.
Indicadas para Dourado, traíra, Matrinxã, Tucunaré, Aruanã entre outros. 
A colher é uma isca simples, feita de metal e com formato de uma colher. O seu atrativo é o reflexo do sol na parte metálica.
A vantagem é que elas são simples, baratas e muito resistentes. É inevitável a utilização de um girador ou até mesmo um rotor.
Elas podem pegar Dourados, traíras, Matrinxãs, tucunaré, Aruanãs entre outros.
 
Artificial - Eletrônica Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 52
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

 

  As iscas eletrônicas aparecerem nos meados dos anos 90 e, de lá pra cá vem ganhando cada vez mais adeptos.
Geralmente se trata de uma isca feita de material macio (softbait) e levemente translúcido, e conta com um led (micro lâmpada) interno que pisca em intervalos regulares.
Existem vários sites americanos que alegam que a média de capturas sobe em 3 vezes aos se utilizar esta isca.
Existem, inclusive, minhocas artificiais que tentam imitar o movimento de uma minhoca natural, através de atuadores magnéticos.

 
Artificial - EVA Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 44
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  E.V.A. é uma espécie de espuma que imita uma ração flutuando. Ela é utilizada principalmente na pesca de fly.
É muito comum a utilização de Miçangas junto com as iscas de EVA.
As iscas de EVA também são costumeiramente feitas de rolhas ou cortiças.
 
Artificial - Gotcha e Krill Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 46
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  Gotcha (Go-tcha) e Krill são iscas que podem ser trabalhadas na meia água ou fundo.
Para trabalhar a isca, arremesse perto de costões ou estruturas e espera a isca afundar até a profundidade desejada e comece a recolher dando pequenos toques de ponta de vara, sempre com a linha esticada.
Você pode variar a profundidade para buscar os peixes, mas tomando cuidado para não enroscar no fundo.
Pode ser usado com molinete ou carretilha, em pincho ou corrico.
Os peixes que podem ser pego com essa isca são: Anchova, galo, xaréu, sororoca, Carapau, badejos, tucunarés, Corvina, entre outros.
 
Artificial - Hélice Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 42
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  Essas são iscas de superfícies com uma ou duas hélices. Elas imitam um peixe na superfície e fazem um bom barulho.
Para trabalhar ela, arremesse e de puxões com a ponta da vara. Isto fará com que a hélice gire, fazendo barulho e atraindo os peixes.
 
Artificial - Jigs Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 65
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
 Os jigs são iscas que tem uma cabeça metálica e um penacho colorido.
Esta é uma isca de fundo e pode ser trabalhada com recolhimento contínuo ou com toques.
É eficiente para pesca de tucunarés e Robalos
 
Artificial - Jumping Jig Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 32
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
 Jumping Jig é uma isca de fundo. Ela é muito utilizada na pesca vertical, mas também pode ser utilizada na horizontal.
Originalmente era utilizada para pesca e grandes peixes no mar, mas agora esta sendo muito utilizada também na pesca horizontal em pesqueiros.
Os jigs variam de 15 a 400 gramas e podem atrair Robalos, anchovas, Atum, Pacu, Pintado, Wahoo, entre outros.
 
Artificial - Miçanga Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 20
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
 

A miçanga é uma isca muito utilizada em pesqueiros para Tambaquis e Matrinxãs.
Ela imita a ração e, por isso, deve ser utilizada em conjunto com uma bóia cevadeira.

 

 
Artificial - Mosca Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 38
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
 A mosca é a isca utilizada no Fly Fishing (Pesca com mosca).
Elas podem ser facilmente confeccionadas pelo próprio pescador e dão bons resultados para trutra, salmão, tilápia, piraputangas e até Robalos
 
Artificial - Plugue de barbela Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 55
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  As iscas de barbelas foram feitas para atingir profundidades maiores. Quanto maior a barbela, mais fundo a isca trabalha e, desta forma, pode buscar os peixes mais no fundo.
O trabalho da isca consiste em pequenos toques para que a isca afunde. Eles podem ser pausados ou contínuos
.
 
Artificial - Popper Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 53
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  Poppers são iscas que tem a cabeça chanfrada e imitam um peixinho caçando na superfície da água.
Para trabalhar, de pequenos toques de ponta de vara com algumas pausas.
 
Artificial - Sapo Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 109
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  Sapo de borracha é um tipo de soft bait utilizado principalmente na pesca de Traíras. De toques de ponta de vara pausados, para imitar o comportamento do sapo.
 
Artificial - Shad Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 57
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  O shad é uma isca artificial em formato de peixes fabricadas em materiais flexíveis e macios como silicone e borracha.
 
Artificial - Spinner Bait Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 30
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  Spinner Bait é uma isca muito utilizada na pesca de peixes predadores, principalmente Black Bass e traíra.
Para trabalhar, recolha continuamente dando pequenos toques de ponta de vara.
 
Artificial - Stick Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 50
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
 Esse tipo de isca artificial tem um peso maior na parte de trás.
Para trabalhar esta isca, de pequenos toques e espere a isca flutuar. 
 
Artificial - Zara Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 45
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   
  Zaras tem este nome porque trabalham em zig-zag. Dê pequenos toques de ponta de vara sincronizados com o recolhimento, para que ele faça o trabalho em "Z".
 
Como arremessar iscas artificiais usando o molinete. Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 116
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

Já ouvi comentários de pessoas que acham que para utilizar iscas artificiais tem de, obrigatoriamente, ter uma carretilha. Já tive algumas diversões com iscas artificiais utilizando um molinete e, posso dizer que é totalmente viável sua utilização.

 

Leia mais...
 
Como conservar iscas artificiais Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 26
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

Muitas iscas artificiais podem ser caras, outras raras, algumas simples ou até objetos de desejo. Veja nessa matéria como conservas esse equipamento.

Leia mais...
 
Dicas Iscas Artificiais Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 60
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

Quando o peixe não está entrando na isca artificial e apenas seguindo-a, tente dar uma paradinha na isca, mas não pare por muito tempo, senão o peixe vai embora. Pare, dê uma trabalhada rápida com ponta de vara, sem recolher muito, e pare de novo. Repita o trabalho até ele entrar. Esta manha funciona muito bem para Tucunarés, Black Bass e Traíra.

Leia mais...
 
Traíra na artificial Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 80
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

Para uma boa pescaria de Traíra verifique antes a temperatura da água. Use iscas de superfície para água quente e iscas de meia água ou fundo para água fria ou dia com muito vento.

Leia mais...