Olho-de-cão (Priacanthus arenatus) Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 14
PiorMelhor 
Escrito por Luciano Cebula   

Nome: Olho-de-cão
Nome científico: Priacanthus arenatus
Água doce ou salgada: Salgada
Família: Priacanthidae

Características: O Olho-de-cão é um pequeno peixe marinho, que chama atenção por causa dos seus olhos enormes, que chegam a ser maiores que o comprimento do focinho, e sua cor vermelha bastante intensa. Essas características também o fizeram ser conhecido como olho-de-vidro. Em outras regiões do País, pode ainda receber os nomes de piranema ou Vermelho-olhão.

O peixe tem alto valor culinário e normalmente é encontrado na medida média de 35 centímetros de comprimento, não tendo tamanho mínimo para o abate. Tem o corpo baixo e tipicamente alongado, com a coloração avermelhada intensa (rubro), orlas mais escuras margeando as nadadeiras dorsal e anal, enquanto as ventrais são negras.

A nadadeira caudal tem a borda reta e quadrada e lobos, inferior e superior, muito prolongados, com raios nas barbatanas. As nadadeiras peitorais são pequenas.

Já nadadeira dorsal apresenta dez espinhos e onze raios, enquanto a anal apresenta três espinhos e oito raios, todos avermelhados.

As características das nadadeiras são utilizadas para classificação das espécies, especialmente a natureza e o número de raios que contêm, pois eles se mantêm constantes em cada espécie, qualquer que seja o tamanho e a idade dos exemplares.

Hábitos: Tem hábitos noturnos – mas também pode ser capturado durante o dia – e apresenta padrão de distribuição espacial agregado. Vive em fundos rochosos, de areia, pedra, coral e dentro de baías, desde a costa, em profundidades que variam de 10 a mais de 200 m, com preferência para as águas mais profundas.

A espécie é carnívora e se alimenta de camarões, outros peixes menores e crustáceos, mas a maior parte de suas presas são larvas. Atinge a maturidade sexual a partir dos 15 meses de idade e não apresenta nadadeira adiposa, que é encontrada apenas em poucos grupos de peixes marinhos.

Curiosidades: No Nordeste, o Olho-de-cão também é chamado de olho-do-diabo, mas por causa de superstições, o nordestino não fala o nome por acreditar que alguma coisa de ruim pode lhe acontecer ao pronunciar.

Onde Encontrar: A espécie é encontrada em todo Oceano Atlântico, ao longo da costa brasileira, mas ocorre com mais freqüência nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia. Além desta espécie, também ocorre no Espírito Santo a Priacanthus cruentatus, que comumente tem seu nome confundido com o do Olho-de-cão.

Dicas para pescá-lo: Os cardumes de Olho-de-cão são detectados facilmente na sonda, pois sempre ficam a poucos metros do fundo. Se o pescador conseguir descer a pargueira até o ponto onde eles estiverem, dificilmente não obterá sucesso.

Algumas fotos desse peixe:

Olho de cão
Olho de cão
pic_0022 (2)-64...

Clique aqui para ver todas as fotos deste peixe

comentarios (6)
  • Bianca  - referências
    Olá Leandro, gostei muito do seu texto, bastante informativo. Não se encontra tantas informações sobre o olho-de-cão no Brasil pela internet, mas gostaria de saber, por favor, a origem dos dados citados acima pois algumas informações distoam do descrito, por exemplo, por Menezes e Figueiredo. Aguardo sua resposta. Obrigada.
  • Anônimo
    :0 :0 chegou a minha resposta?que massa!
    :D
  • marco antonio barbosa carvalho  - em arraial do cabo(rj) o olho de cão é chamado de
    mirassol
Escrever um comentario
Sesu detalhes:
comentario:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
:D:angry::angry-red::evil::idea::love::x:no-comments::ooo::pirate::?::(:sleep::)
;);)):0

!joomlacomment 4.0 Copyright (C) 2009 Compojoom.com . All rights reserved."